TECNOLOGIA

Cabo USB espião manda tudo o que você digita para invasores

Você tem medo de ser espionado pelo celular? Então é melhor começar a se preocupar com quais cabos USB você está usando no seu aparelho. 

O OMG Cable é um cabo USB-C para Lightning, criado pelo pesquisador de segurança digital conhecido como “MG” que, ao ser conectado a um aparelho, cria um hotspot Wi-Fi para invasores se conectarem. Quando conectado, os atacantes podem, a partir de uma interface simples disponível para acesso em navegadores de internet, começar a gravar cada clique de um teclado ou digitação de um celular ligado ao fio. 

Ao mesmo tempo, o cabo executa todas as funções que um usuário pode esperar. Ele carrega o celular, permite transmissão de dados e serve para conectar dispositivos em um computador, por exemplo. 

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O funcionamento e o perigo

Para o site Motherboard, “MG” disse que o cabo contém um pequeno processador na ponta, que consegue registrar o que está sendo digitado nos dispositivos conectados a ele. “MG” também comentou que o OMG Cable conta com capacidades de geofencing, que permite o bloqueio ou até mesmo a destruição da programação do processador dependendo da localização atual do fio, para evitar vazamentos da tecnologia. 

Quanto ao alcance do módulo Wi-Fi, “MG” comentou que chegaram a conseguir receber informações de dados digitados em aparelhos conectados ao fio em uma distância de até 1,6 quilômetros, que é considerável.  

O cabo já está sendo produzido em massa e vendido em mercados de hackers, com o principal objetivo de ser usado para estudos de segurança. Só o futuro dirá se realmente serão usados para a pesquisa ou para invasões. 

Fonte: Motherboard, Futurism

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

VEJA MATÉRIA ORIGINAL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo