TECNOLOGIA

Você lava suas mãos direito? Eis o jeito certo para eliminar vírus e bactérias

Com a chegada da pandemia do coronavírus, o mundo inteiro passou a se conscientizar melhor sobre a importância de lavar as mãos corretamente para evitar infecções por vírus e bactérias. E nesse sentido, cientistas orientam qual é o tempo ideal de cada lavagem.

De acordo com um estudo publicado na revista científica Physics of Fluids, durante a lavagem das mãos, leva 20 segundos para que as partículas virais e bacterianas sejam removidas da pele por completo. Para chegar à conclusão, os pesquisadores criaram um modelo matemático simples que simula o movimento das partículas durante o processo.

O modelo simulou as duas mãos com duas superfícies ásperas que se moviam uma sobre a outra, imitando o movimento de esfregação, sendo separadas por uma película fina de líquido. Então, a simulação mostrou que as partículas são atraídas por superfícies ásperas, e que é preciso depositar uma certa quantidade de energia para permitir que as partículas sejam acopladas ao fluído. 

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/Freepik

Então, quanto mais rápido o movimento das mãos, mais forte é o fluxo de fluído e mais facilmente as partículas são removidas. “Se você mover as mãos de maneira muito suave, muito lentamente, a força criada pelo fluxo do fluido não é grande o suficiente para superar a força que mantém a partícula incorporada”, conta Paul Hammond, principal autor do estudo. O cientista chegou a comparar a lavagem das mãos com a de manchas na roupa, quando uma esfregação mais rápida elimina a mancha ainda mais rápido.

Conforme a análise feita pelos cientistas, 20 segundos de lavagem é o ideal para que as partículas se desgrudem da pele. O estudo, no entanto, não considerou a ação biológica do sabão, que é capaz de romper a membrana que envolve as partículas, destruindo vírus e bactérias.

O estudo completo está disponível neste link

Fonte: LiveScience

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

VEJA MATÉRIA ORIGINAL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo