TECNOLOGIA

Empresa usa tecnologia para reduzir gasto inútil com pneus e combustível

As recentes altas no preço dos combustíveis estão preocupando boa parte dos brasileiros que dirigem todos os dias e impactando empresas de transporte e entrega. Neste contexto, uma solução da startup paranaense Gestran surge como uma alternativa interessante para companhias que querem reduzir gastos não só na gasolina, mas nos pneus também.

A Gestran Frotas visa a automatizar e simplificar processos manuais diários dos veículos. A empresa diz que consegue economizar de 20% a 25% no gasto total da frota, e boa parte desse percentual vem do combustível preservado. “Nosso sistema tem uma tecnologia que avalia e cruza uma série de dados e oferece aos nossos clientes as melhores opções”, explica Paulo Raymundi, CEO da Gestran.

A ferramenta atende transportadoras e outros negócios com frotas de veículos, como empresas do varejo, indústria, agronegócio e administrações públicas. Uma opção busca os melhores preços nas bombas do Brasil por região, cidade, posto ou bandeira de rede de postos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Plataforma de gestão de pneus da Gestran (Imagem: Divulgação/Gestran)

A plataforma também tem um módulo focado no consumo de pneus. Ele prevê o momento certo para aquisição de novas rodas, custos médios, calibragem, envio para reforma, desgaste, vida útil e limite de segurança de desgaste das peças.

É possível fazer uma simulação no site da Gestran com uma calculadora de impacto, que mostra o tamanho da economia que pode ser alcançada usando a solução. Por exemplo: em uma frota de 50 caminhões rodando cada um 11 mil km por mês, consumindo 2,45 km/l e com o litro custando R$ 3,39, a economia mensal seria de R$ 22,8 mil.

O formato da aplicação também permite gestão do estoque de combustível, monitoramento em tempo real dos gastos, integração com bomba interna, redução de custos e controle de descontos nos postos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

VEJA MATÉRIA ORIGINAL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo