TECNOLOGIA

Como recuperar olfato e paladar depois da COVID-19?

Uma das mais comentadas consequências da COVID-19 após a remissão do vírus é a perda do olfato e do paladar. No entanto, não precisa ser algo definitivo: há vários métodos para que o paciente recupere esses sentidos. A ocorrência de hiposmia (perda parcial) e de anosmia (perda total) do olfato e do paladar são comuns em casos de infecções respiratórias, mas uma pesquisa da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico-Facial (ABORL – CCF) revela que, em pacientes afetados pela COVID-19, a recuperação se dá em um período de tempo maior.

Óleo de rícino

Os especialistas recomendam colocar uma gota de óleo de rícino aquecido em cada narina duas vezes ao dia. A prática é benéfica na eliminação da inflamação. 

Alho

Outra dica que pode ajudar a trazer o retorno do paladar é adicionar 2 a 3 dentes de alho picados a um copo de água e ferver em uma panela. Assim que a mistura esfriar, coar completamente e beber. Isso porque as propriedades anti-inflamatórias dos compostos do alho podem ajudar a tratar o nariz.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mel e limão

A pessoa que perdeu o paladar também pode adicionar limão e mel a um copo de água e beber a mistura, que tem um forte cheiro cítrico. As propriedades desses dois ingredientes podem ajudar no retorno do paladar e do olfato.

Gengibre

Outra dica dos médicos é pegar um pedaço de gengibre descascado e mastigar lentamente, em intervalos regulares. Se não puder mastigar o pedaço de gengibre diretamente, é válido tomar o chá da raiz. A dica é fazer isso todos os dias, porque o aroma do gengibre é forte e pode melhorar o olfato e o paladar.

Beber bastante água pode ajudar o retorno do paladar (Imagem: Damir Spanic/Unsplash)

Hortelã-pimenta

Outra dica é pegar dez folhas de hortelã-pimenta e adicionar a um copo de água, ferver os ingredientes em uma panela e coar a solução assim que esfriar, adicionando um pouco de mel. Deve-ser então beber essa mistura. Acontece que o principal constituinte das folhas de hortelã-pimenta é o mentol. Ele é de natureza anti-inflamatória e antimicrobiana que pode alterar seu olfato e paladar.

Bastante água

E acredite ou não, apenas o hábito de beber muita água pode ajudar. A água mantém o corpo hidratado. Isso pode ajudar a evitar problemas de olfato e paladar. Além disso, com a ajuda do vapor quente, a congestão nasal e o entupimento do nariz melhorarão. Isso dará ao seu nariz uma porta aberta para respirar.

Terapia para estimular os sentidos

Há ainda, uma espécie de treinamento olfativo. Trata-se de um método sem contraindicações para acelerar a recuperação do olfato, em que o médico orienta o paciente a sentir, por alguns segundos, quatro tipos de odores sob a forma de óleos essenciais de eucalipto, limão, rosas e cravo, pelo menos duas vezes ao dia. Alternativamente, podem ser utilizados café, cravo, mel, vinagre de vinho tinto, pasta de dente de menta, essência de baunilha e suco de tangerina concentrado. O paciente deve pensar no cheiro de cada substância, esforçando-se para senti-lo. 

Quanto ao paladar, também há formas de treinar para recuperá-lo: o especialista orienta a degustação de alimentos diversos, desde que tenham os cinco gostos básicos (doce, salgado, amargo, azedo e umami).

Fonte: Healthshots, Universidade de Fortaleza

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

VEJA MATÉRIA ORIGINAL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo