TECNOLOGIA

Intel trabalha em novos processadores para competir com chips da Apple Silicon

Com o anúncio da nova nomenclatura de litografias e detalhes sobre a 14ª geração dos processadores Core com arquitetura Meteor Lake para 2023, a Intel antecipou informações a respeito dos processadores Arrow Lake de 15ª geração com lançamento para 2024, e parece que a empresa quer competir de vez contra os poderosos chips desenhados pela Apple.

Segundo informações apresentadas pelo AdoredTV, detalhes vazados reforçam as altas expectativas para os processadores Arrow Lake-P, que serão fabricados pela TSMC em seu próprio processo de litografia de 3 nanômetros em vez da solução proprietária “Intel 3.”

Intel prepara novos processadores para acirrar competição contra Apple e AMD (Imagem: Reprodução/WCFTech)

A nova linha de processadores deve utilizar novas arquiteturas de codinome Lion Cove para os núcleos de performance e Skymont para os núcleos de eficiência, usando o design big.LITTLE visto em chips ARM.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com isso, é dito que os processadores móveis Alder Lake-P são esperados com 6 núcleos (big) Lion Cove e 8 núcleos (LITTLE) Skymont. Tal configuração pode resultar em até 14 núcleos com 20 threads. Para efeito de comparação, a série Arrow Lake-S para desktop é esperada com até 40 núcleos e 48 threads, uma grande diferença entre as plataformas desktop e móvel.

12ª geração de processadores Intel Core chega em 2021 com núcleo Meteor Lake (Imagem: Reprodução/Intel)

Outra novidade fica a respeito da GPU integrada presente no Arrow Lake-P, com a Intel oferecendo até 320 EUs, o triplo do que é disponibilizado no Alder Lake mais poderoso, totalizando 2560 núcleos de GPU para uma performance móvel próxima aos desktops de entrada ou mesmo intermediários.

Enquanto isso, a Apple se prepara para o anúncio novo chip M1X oferecendo até 32 núcleos de GPU e gerando altas expectativas para o futuro, enquanto a AMD prepara a próxima geração de GPUs RDNA 3 para 2022. A competição vai ficar acirrada.

Fonte: AdoredTV

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

VEJA MATÉRIA ORIGINAL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo